Declare Guerra aos Inimigos da Sua Alegria

O livro de Neemias afirma que a alegria do Senhor é a sua força (Ne. 8:10). Não é fácil crer nisso quando às vezes sente-se dificuldade em manter sua alegria por cinco minutos. A alegria é o desejo de Deus para a sua vida, e o que Ele deseja, tem poder para realizar em você – até mesmo no meio de um estilo de vida cheio de compromissos e ocupações.

Se a alegria do Senhor é a sua força, então isso reforça a ideia de que a alegria seria o principal foco atrativo do inimigo. Ele quer te enfraquecer sempre que puder. Para se defender dos seus ataques, você deve ficar atento aos destruidores de alegria e ladrões de força que ele usa contra você.

Atitudes que roubam sua alegria:

  • Ressentimento. Os irmãos Miriã e Aarão questionaram o chamamento de Deus na vida de Moisés. Cada pessoa tem sido chamada a um ministério particular e nenhum ministério singular é melhor, mais importante, ou mais valioso que os outros. Se há alguém de quem você se ressente, arrependa-se diante de Deus. Quanto mais ressentimentos você guarda e fixa em seu pensamento, mais energia e poder ele adquire, o que vai aumentar apenas a amargura e a tristeza.

  • Amargura. O senhor diz, cuidem-se para que nenhuma raiz de amargura cresça, perturbe vocês e, por meio dela, muitos se contaminem (Hb 12:15). Amargura é contagiosa – ela destrói a sua alegria e aquelas ao seu redor. O oposto também é verdadeiro. Se você demonstrar a sua alegria e gratidão, sua atitude será contagiante.

  • Ira, raiva. “Não se ponha o sol sobre a vossa ira” (Ef 4:26). Há, apesar disso,a ira justa, mas esta não provém do pecado. “Porque eu vos digo que qualquer um que irar-se com seu irmão, estará sujeito ao julgamento…do fogo do inferno” (Mt 5:22). Jesus obviamente vê a ira como um grande problema. A ira é uma decisão que você deve tomar para prevalecer.

  • Não perdoar. “Sede amáveis e compassivos uns para com os outros, perdoando uns aos outros,como também Deus vos perdoou em Cristo” (Ef. 4:32) Perdoar aos outros libera você a ser poderosamente cheio da alegria do Senhor. É igualmente importante receber o perdão de Deus e não ficar mais revivendo o passado.

  • Medo,temor. Falta de confiança é, na verdade, temor – não acreditar que Deus cuida de você. “Deus não nos deu um espírito de temor; mas de poder, de amor, e de moderação” (2 Tm 1:7). Temor te deixa acanhado e te faz perder o poder e a moderação que Deus havia dado. O único temor que deve haver em você é o temor do Senhor, que é enorme reverência a Ele.

  • Ofensa. Você sempre encontrará oportunidades de ser ofendido em qualquer lugar que vá. Se você escolhe ficar ofendido, então você concederá a Satanás um apoio. Não perca seu tempo ou energia ficando ofendido. “Muita paz tem aquele que ama os teus mandamentos, e nada pode fazê-lo tropeçar” (Sl 119:165).

  • Desobediência. Você muitas vezes sabe o que Deus quer que você faça, mas você simplesmente não faz, e então quer saber por que você perdeu sua alegria. Há um efeito de propagação do pecado que pode machucar as pessoas por causa da sua desobediência.

Deixe um comentário

wpDiscuz