Identidade

A ousadia é uma forma de coragem. Quando um desejo sincero e exultante arde em nossos corações, é preciso que expressemos publicamente, para que Deus seja glorificado. “Uma dose de coragem é um bom remédio para a alma”.

A busca por “identidade” se tornou importante durante o apogeu do movimento feminista moderno. Mulheres entraram em crise de identidade quando se rebelaram contra os padrões impostos a elas. Uma solução comum adotada para a crise de identidade feminina foi substituir maridos e filhos por uma carreira profissional. Identidade= ser a mesma por dentro e por fora.

Se tentarmos encontrar nossa identidade no marido ou por meio da nossa profissão, perderemos nossa singularidade ao nos conformar a algo que é tão mutável como nós. No entanto, existe alguém que é absoluto que jamais muda: JESUS CRISTO. Ele “é o mesmo ontem, hoje e para sempre” (Hb 13:8). Ele presenciou o momento que fomos criadas, conhece o propósito de nossa vida e sabe quem somos bem no íntimo. Ele conhece o meu “eu” verdadeiro muito melhor do que eu mesma. Como encontrar a nossa identidade em Cristo? Permitindo que Ele nos mostre o nosso próprio coração e depois permitindo que Ele purifique para que nos tornemos a mesma pessoa por dentro e por fora. “Não se pode dar solução da alma para um problema do espirito” A purificação nos torna totalmente identificados em Cristo. Perdemos nossa identidade Nele, e ao perder nossa identidade Nele é que a encontramos (Mt. 10:39). Mesmo quando eu fracasso, Deus é fiel (2 Tm 2:13)

Em tempos de maior intimidade com Deus eu sou mais “eu mesma”, interior e exteriormente. Crise de identidade -quere ser algo, ou alguém que irá agradar outro alguém. Descobrir quais são os nossos pontos fortes é o primeiro passo para desistir de tentar ser alguém que não somos. Há diversas outras pressões -da família, da mídia e de várias outras fontes- que devemos enfrentar diariamente. Quando mais nos identificamos com Cristo menos sentimos as pressões relativas à imagem que os outros têm de nós. Quanto mais nos estabilizamos Nele, mais forças temos para superar as circunstancias e as pressões.

O padrão de medida para vida de toda mulher é a palavra de Deus. O objetivo para a vida de toda mulher é ser semelhante a Cristo. Sara submeteu a Abrão -mas a submissão de Cristo ao Pai, é o nosso maior exemplo. Abigail diante de Davi (intercedeu), mas a intercessão de Cristo em nosso favor diante do Pai é o nosso maior exemplo.

É na intimidade desse relacionamento (com o Pai) que a nossa verdadeira identidade se revela como filhos.

Jesus Cristo pode resolver toda e qualquer crise de identidade!

Inspirado no Livro: Mulher Única

Deixe um comentário

wpDiscuz