A IGREJA DO NAZARENO BETEL


QUEM SOMOS

SOMOS UMA IGREJA ADORADORA QUE MINISTRA AO MUNDO POR MEIO DA EVANGELIZAÇÃO E DA COMPAIXÃO, E ENCAMINHA OS SEUS MEMBROS À SANTIDADE CRISTÃ.

Nascida em 1988, a Igreja do Nazareno Betel iniciou o seu trabalho na garagem do irmão José Pedroso (pai do pastor Adriano Pedroso) na Rua Vinte e Nove. N° 75 no bairro Conjunto Felicidade. As reuniões eram realizadas aos finais de semana. No sábado, o culto de escola bíblica e no domingo o culto evangelístico. Com o passar do tempo os cultos foram ficando tão frequentados que a família pastoral precisou arranjar um local com mais espaço para dar continuidade nessa maravilhosa obra que Deus estava realizando.

Um ano depois, a congregação foi organizada como Igreja com 43 membros pelo Rv. Fernando de Sá Nogueira, que com sua experiência e sabedoria ensinou muitas coisas que ajudou na continuidade do trabalho.

Após aproximadamente um ano e meio, houve a segunda mudança de endereço. O atual salão não comportava mais a quantidade de pessoas que estavam frequentando os cultos.

A família pastoral passou por muitas lutas, em diversas áreas. Houve momentos em que não tinham condições de arcar com as despesas do aluguel e diante das dificuldades chegaram a pensar que Deus não os queriam mais naquele lugar. Mas Deus, com sua infinita sabedoria, já sabia o que vinha pela frente e permitiu esse deserto para preparar o Pr. Adriano Pedroso e sua família para grande obra que fora colocada em suas mãos e que com o passar do tempo traria grandes vitórias.

No dia 14 de maio de 2009, o sonho foi realizado. Deus preparou o lugar que atualmente, é o salão social da igreja.

Como o nosso pastor sempre foi um homem de fé e visão, o sonho continuou. Em seu coração Deus colocou o desejo de construir um templo maior e com mais conforto para acomodar as pessoas que o Senhor enviaria para este lugar. O trabalho foi intenso e os sacrifícios foram muitos, mas para a glória de Deus, no dia 02 de dezembro de 2014 houve a inauguração do nosso lindo templo.

Deus não só coloca os sonhos em nossos corações, como também os realiza quando colocamos nossos caminhos em Tuas mãos e nos disponibilizamos a trabalhar em favor da sua obra.

NOSSOS VALORES ESSENCIAIS

Somos um Povo Cristão – Como membros da Igreja do Deus vivo, espalhada ao redor do mundo e através da história, nos unimos aos verdadeiros cristãos na proclamação do senhorio absoluto de Jesus Cristo.

Somos um Povo de Santidade – Somos chamados à santidade pelo Deus Santo. Cremos que batizados no Espírito Santo, podemos seguir a carreira que nos está proposta, e andar à semelhança de Cristo Jesus, nosso SENHOR.

Somos um Povo com uma Missão – Fomos enviados ao mundo e respondemos ao chamado de Cristo. Somos capacitados pelo Espírito Santo, para proclamar o Evangelho da Graça e cooperar ativamente na edificação da Igreja e na expansão do Reino Eterno do SENHOR.

NOSSA MISSÃO

“A missão da Igreja do Nazareno é responder à Grande Comissão de Cristo ir e fazer discípulos de todas as nações” (Mateus 28:19). “O objetivo primário da Igreja do Nazareno é avançar o Reino de Deus através da preservação e propagação da santidade cristã, como explícitas nas Escrituras”.

“Os objetivos críticos da Igreja do Nazareno são ‘a santa comunhão cristã, a conversão de pecadores, a inteira santificação dos crentes, a sua edificação em santidade e a simplicidade e o poder espiritual manifestos na primitiva Igreja do Novo Testamento, juntamente com a pregação do Evangelho a toda a Criatura.'” (25).

A Igreja do Nazareno existe com o fim de servir como instrumento para o avanço do Reino de Deus, através da pregação e ensino do Evangelho por todo o mundo. A nossa bem definida comissão é a de preservar e propagar a santidade cristã tal como explícita nas Escrituras, através da conversão de pecadores, da redenção de apostatados e da inteira santificação dos crentes.

Nosso objetivo é de ordem espiritual, a saber, evangelizar como resposta à Grande Comissão do nosso Senhor: “Ide, fazei discípulos de todas as nações” (Mateus 28:19; ver também João 20:21; Marcos 16:15). Cremos que este alvo pode ser alcançado através dum governo e práticas, incluindo posições doutrinárias respeitantes à fé e padrões de moralidade e de estilo de vida testados pelo tempo.

Esta edição do Manual de 2009-2013 contém uma breve declaração histórica da igreja; a Constituição da igreja que define os nossos Artigos de Fé, a nossa compreensão da igreja, o Pacto do Caráter Cristão para um viver santo e os princípios de organização e governo; o Pacto de Conduta Cristã, que trata de assuntos prementes da sociedade contemporânea; e regras respeitantes ao governo da igreja, abordando sua organização a nível local, distrital e geral.

Clique aqui para baixar o Manual da Igreja em PDF

A IGREJA DO NAZARENO

Para entendermos o surgimento da Igreja do Nazareno devemos nos atentar ao avivamento do século XVIII, impulsionado por John Wesley e seu irmão Charles Wesley. Conhecido como avivamento wesleyano, o movimento teve início na Inglaterra, mais precisamente na Universidade de Oxford, onde John Wesley bacharelou-se em Artes e após se destacar em todos os seus estudos, passou a ser o tutor de grego e filosofia no Lincoln College. Nessa época, John percebeu que precisava ter uma vida santa para ser aceito diante de Deus. Depois de completar seu mestrado, em 1927, passou a fazer parte, junto com seu irmão Charles, de um grupo conhecido como “os metodistas”. Eram chamados assim por  terem métodos para realizar cada uma de suas atividades. Os integrantes do grupo se comprometiam a levar uma vida santa, orar fielmente, jejuar sempre, visitar presídios da cidade e se encontrar todas as tardes para estudarem a bíblia. Por ser o único ministro ordenado do grupo, John foi nomeado o líder. Em uma noite de maio de 1738, passou por uma experiência que mudou o rumo da caminhada cristã.  Escreveu em seu diário:

“Cerca das oito e quinze, enquanto ouvia a preleção sobre a mudança que Deus opera no coração através da fé em Cristo, senti que meu coração ardia de maneira estranha. Senti que, em verdade, eu confiava somente em Cristo para a salvação e que uma certeza me foi dada de que Ele havia tirado meus pecados, em verdade meus, e que me havia salvado da lei do pecado e da morte. Comecei a orar com todo meu poder por aqueles que, de uma maneira especial, me haviam perseguido e insultado. Então testifiquei diante de todos os presentes o que, pela primeira vez, sentia em meu coração”.

John vivia em uma sociedade conturbada pela Revolução Industrial. Muitos desempregados, políticos corruptos, violência, apatia religiosa e degeneração moral. O cristianismo estava em declínio e não mais influenciava positivamente a sociedade, pelo contrário, estava sendo influenciado de maneira alarmante. As pessoas não iam mais as igrejas e os pregadores não iam até as pessoas. Os sermões eram realizados para bancos vazios.

Após ter tido a experiência que descreveu em seu diário, John mudou sua caminhada cristã. Passou a pregar incessantemente em locais abertos, praças, campos, e para todos os grupos de pessoas. Levava a mensagem de santidade e a salvação por Cristo Jesus.

A partir da chama acessa no coração de um jovem em busca da inteira santificação, muitas vidas foram impactadas pelo poder de Deus e houve uma grande renovação espiritual que ultrapassou fronteiras e teve uma abrangência mundial, resultando no grande avivamento do século XVIII. Foi em meio a esse contexto de avivamento que a Igreja do Nazareno surgiu, nos Estados Unidos, na segunda metade do século XIX.

A mensagem de santidade alcançou muitas pessoas ultrapassando os limites de denominações. Iniciou-se uma grande onda de grupos de santidade independentes. Eram formados, em parte, por igrejas independentes, associações missionárias, casas de socorro a necessitados. Muitos dos envolvidos ansiavam pela junção destes grupos, o que produziria uma igreja nacional de santidade. A Igreja do Nazareno foi edificada na união desses grupos que ansiavam levar adiante a mensagem da inteira santificação. A união ocorreu por um longo período, mas 1908 foi o ano chave para a fundação oficial da Igreja.

Devido a vigorosos programas missionários, a Igreja do Nazareno tem crescido e ultrapassado   fronteiras alcançando diversas nações. Tem uma visão global e ministra em mais de 150 países. Uma igreja adoradora que ministra ao mundo por meio da evangelização e da compaixão, e encaminha seus membros à santidade cristã.

REFERÊNCIAS:

– RESUMOS IGREJA NO NAZARENO GERAL E LOCAL – DISPONIBILIZADO PELA PASTORA VIVIANE PEDROSO
– JOHN WESLEY E O AVIVAMENTO WESLEYANO. Pr Paul David Cull. http://www.avivamentoja.com/pmwiki.php?n=passado.wesley
– MANUAL IGREJA DO NAZARENO