Intercessão, uma necessidade atual!

 

Muitas vezes há obstáculos que tornam a oração um ritual vazio, uma formalidade religiosa, ou um incenso estranho que de algum modo não pode chegar a Deus.

A oração era prioridade na vida de Jesus. Havia ocasiões em que se afastava de tudo e de todos e subia para os montes, sozinho, passando a noite inteira a orar.

“Orar sem cessar” 1Ts 5.17. Orar sem cessar não é apenas cruzarmos as mãos e nos ajoelharmos, disparando para cima uma “chuva de petições” como se Deus fosse uma caixa de surpresas. Isso significa que toda a nossa vida deve ser uma constante oração ao nosso Deus.

Existe um tipo de oração que está no Salmo 17.1. Deus adverte Seu povo quanto ao modo e qualidade de suas preces. Muitas vezes imaginamos o pecado como sendo apenas adultério, o assassinato, a mentira, mas a palavra de Deus diz que se não formos cuidadosos, até a nossa oração se tornará um pecado – Salmo 109.7. A intercessão se transforma em pecado quando precede de um coração impuro, de lábios destruidores (fofoca, bate-boca, maldições). Tal intercessão não toca o Coração de Deus, pois a própria vida de quem ora não condiz com o seu discurso.

Nunca queira aparentar aquilo que você não é, pois sua oração se transformaria em pecado diante de Deus – Isaías 59.1. É como se Deus dissesse: “EU quero responder as orações, preciso respondê-las, mas não consigo, NÃO POSSO!!

Enfim, vamos fazer com que as nossas orações sejam aceitáveis ao Senhor Jesus, liberando perdão, confiando de verdade nEle, soltando o julgo da amargura e da tristeza e principalmente amando em verdade e em obras. Leiamos Salmo 15 todo!

O QUE É INTERCESSÃO?

Oração de Intercessão é aquela que é feita em lugar de outros. É o tipo de oração que vai a Deus para colocar-se entre Ele e o homem, tomando o seu lugar, como se fora seu. Hoje Deus tem levantado guerreiros intercessores. A intercessão é a arma usada por Deus para manifestar na vida dos homens Seus poderosos feitos. É dar à Luz no reino espiritual as promessas e propósitos de Deus. É uma oração para que a vontade de Deus seja feita. É descobrir o que está no Coração de Deus e orar para que isso se manifeste. Quando oro, estou vencendo… Interceda sempre – Lucas 18.1!

Interceder é colocar-se diante de Deus a favor do homem. É também buscar pela intervenção do Senhor por diversas situações. Ex: sonhos, projetos, planos, alvos, família, etc. é captar a mente de Cristo, de modo que as circunstâncias se transformem. É ver as vidas sendo transformadas pelo poder de Deus!

  • Exemplos de intercessão:
    • a favor: Romanos 8.27, 34; Hebreus 7.25;
    • contra: Atos 25.24; Romanos 11.2.

Intercessão, segundo o dicionário da Língua Portuguesa, é ‘pedir por outrem, intervir a favor de alguém ou alguma coisa, ser intermediário’. Interceder é orar o que pesa no Coração de Deus a favor dos homens. Do ponto de vista espiritual, interceder é simplesmente fluir com o Espírito Santo de Deus e ver com os olhos de Deus a situação na vida da Igreja e do mundo.

VALE A PENA SER UM INTERCESSOR?

A história é repleta de testemunhos de crentes que obtiveram respostas miraculosas de Deus quando se dispuseram a interceder por alguma situação ou pessoas – Josué 10.12,13; Gênesis 18. Quando intercedo por mim, por diversas situações, ou por pessoas, estou crescendo espiritualmente. Estou me achegando ao Senhor Jesus e comungando de Seu anseio por ver a mudança da situação, independente de qual seja ela. 

CONCEITOS – A importância da Intercessão.

  1. Intercessão é colocar uma reivindicação nas mãos de Deus esperando nEle.

Pela oração intercessora trazemos a habilidade de Deus à situação em causa. Não há nada passivo na intercessão. Nela nos agarramos a Deus! Como? Chegando diante dEle com Sua própria palavra em nossos lábios, de acordo com Isaías 62.6.

  1. Intercessão é servir a Deus na evangelização do mundo.

Leiamos Salmo 2.8. O Espírito Santo não conhece distância. Não há limitação em nosso espírito humano e, pela intercessão, podemos pôr os pesa em todas as nações e lugares de onde estivermos orando.

  1. Intercessão é orar o que está no Coração de Deus.
  1. Intercessão é ser um cooperador de Deus.

Jesus está intercedendo no céu por nós 24 horas por dia – Hebreus 7.25! Nós podemos entender a vontade de Deus. Como? O Espírito Santo traz ao nosso coração aquilo que está na vontade de Deus e nós passamos a orar de acordo com Ele, transformando-nos em Seus cooperadores diretos na mesma obra que visa a conversão dos homens a Cristo – 1Coríntios 3.9; Colossenses 4.11; Filemon 1.24; Romanos 16.3.

  1. A intercessão alarga nossa visão espiritual.

Quem se devota ao ministério de intercessão, passa a ter uma visão cada vez mais ampla do reino de Deus. Sai do seu mundo limitado e vai-se enaltecendo em seu amor e visão até ver como Cristo vê.

  1. A intercessão aumenta a nossa fé.

À medida que vemos Deus agindo e mudando as circunstâncias, nossa fé cresce. Ora, fé é ter certeza de que seu eu me achegar a Deus por algo que almejo e que está segundo Seus propósitos, isso então acontecerá em minha vida. Fé é ter certeza que nada nem ninguém senão DEUS poderá resolver as situações da minha jornada diária; isso é fé em Deus.

  1. A intercessão está sob a lei da semeadura e ceifa.

Aquilo que semeamos colhemos multiplicadamente. Quer bem, quer mal. Se semearmos contendas, colheremos falta de misericórdia por parte dos outros; se semearmos mentiras, colheremos desconfiança por parte de outros; se semearmos amor e respeito, colheremos amizades e vida longa! Quanto mais oramos por outros, mais Deus levantará intercessores a nosso favor. Leiamos Jó 42.10; 2Coríntios 9.6.

Não fora as intercessões de Moisés, Israel teria sido completamente destruída – Números 12.1-13; 14.1-19. Não fora a intercessão de Daniel o povo não teria retornado das prisões babilônicas – Daniel caps. 9, 10. Nascemos como filhos de Deus pela intercessão e crescemos por meio dela. Tudo quanto alcançamos no reino do espírito é pela intercessão feita por nós ou por outros – Tiago 5.15, 20.

A NECESSIDADE DE HAVER INTERCESSOR

Leiamos Isaías 62.6, 59.16, 63.5, Ezequiel 22.30. Os textos deixam claros que Deus não age na terra a não ser como resultado de intercessão feita por um residente do planeta terra, um filho de homem – Salmo 115.16. Deus não viola jamais a Sua palavra. Ele respeita a criatura que fez e as escolhas que o homem faz. Deus fez o homem semelhante a Ele, com capacidade de escolha, e o respeita como tal.

COMPAIXÃO – A válvula da Intercessão

A compaixão é um ingrediente que gera intercessão. Esse sentimento está bem presente no ministério de Jesus Cristo. A compaixão de Deus no coração do crente é o gatilho da intercessão. Quando o Espírito Santo se move em nós, despertando uma profunda compaixão, é hora de interceder. As forças da intercessão são despertadas por essa compaixão divina – Mateus 14.14, 15.32, 23.37; Marcos 1.34, etc.

A compaixão põe em operação o poder de Deus. Analisando o ministério de Jesus, vemos que sempre que Seu Espírito se moveu dentro dEle, em compaixão, seguiram-se grandioso milagres:

    • A compaixão gera cura de enfermos: Mateus 14.14;
    • Gera multiplicação dos pães e peixes, e os famintos são alimentados: Mateus 15.32;
    • Fez o cego abrir os olhos: Mateus 20.34;
    • Torna o leproso sadio: Marcos 1.40,41;
    • Trouxe vida ao morto: João 11.33-35.

Tudo isso somente se torna possível se estivermos sempre pertinho do Senhor. Aqueles que vivem em íntimo contato com Deus serão dominados pelo que está em Seu Coração. E será neste ponto que as palavras ditas por Cristo serão realidade para nós – João 14.12.

A partir desta data não temos mais desculpas por não levarmos uma vida de oração! Vamos orar pelas pessoas da arca e perseverar na célula até que centenas sejam salvos para Cristo através de VOCÊ!!

João 14.21 “Aquele que tem os Meus mandamentos e os cumpri, esse é o que Me ama; e aquele que Me ama será amado de meu Pai, e Eu o amarei, e Me manifestarei a ele.”

Deixe um comentário

wpDiscuz