Minha casa, um lugar de bençãos

Há um consenso que a violência que nos atinge diariamente e a falta de valores que resulta na desumanidade, além de outros problemas que desafiam a todos no resgate de uma sociedade saudável, tem como ponto de partida a desintegração familiar.

Os ataques que as famílias nucleares vêm sofrendo ao longo dos anos são sutis. As mudanças são quase imperceptíveis. Quer um exemplo? Quem se lembra dos almoços ao redor da mesa? Mas se perguntarmos quantas horas passamos em frente à televisão, geralmente saberemos dar a resposta.

A presença da família à mesa, pode parecer bobagem para você, mas sempre foi fundamental para fortalecer o relacionamento entre as pessoas que moram sob um mesmo teto. Sabemos que a maioria perdeu o poder de decisão sobre as suas agendas, já que mercado de trabalho impõe exigências cada vez maiores aos horários dos membros de uma família. E a reunião familiar acaba desprestigiada e as horas do dia são cada vez mais solitárias. Se você se atentar até a arquitetura está conectada com os novos tempos. No passado, o principal espaço de uma casa era a sala de jantar. Hoje são os quartos. Cada membro da família, de acordo  com a condição social da família, possui uma televisão, um computador. O que faz com que os relacionamentos sejam cada vez mais virtuais. Os relacionamentos entre pais e filhos e entre irmãos estão cada vez mais distantes.

Observamos que mundo segue firme no propósito de destruir as famílias. Como reagir a esses ataques?

Josué, o líder que substituiu Moisés na condução do povo de Israel, tinha a resposta. Homem guerreiro, com várias vitórias como a espetacular queda das muralhas de Jericó, no fim de sua vida, orientou o povo a servir ao Senhor com integridade. Ele disse ao povo que abrisse mão de deuses estranhos e que temesse a Deus. Ele foi contundente em dizer que “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”.

A Bíblia deixa bem claro que a casa é um lugar de restauração, de milagres e de reconstrução. Mas para isso é necessário resgatar os relacionamentos entre pais e filhos, entre irmãos e entre marido e mulher. É preciso saber o que o outro está fazendo, quais são seus sonhos, seus projetos. É necessário orar em família. É necessário ler e meditar sobre as Escrituras em família. É preciso se posicionar: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”.

Só assim a “Minha casa será um lugar de bençãos.”

::Pastor Aguiar Valvassora e Rose Guglielminetti

Share this post

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Precisando de algo? Converse agora!