A Parábola das Dez Virgens – Mateus 25: 1 a 13

“NOSSA NEGLIGÊNCIA EM MANTER-SE VIGILANTE PARA COM AS COISAS CONCERNENTES AO REINO DOS CÉUS, PODE FATALMENTE NOS LEVAR ETERNAMENTE PARA O INFERNO.”

Você já foi pego pelo elemento surpresa e ficou arrependido de não estar preparado? Como você se sentiu? Com remorso? Com arrependimento? Com raiva?

Então, nesta palavra das dez virgens aconteceram estes fatos e acredito que cinco ficaram arrependidas, com remorsos e com certeza a raiva deve ter abatido essas cinco virgens loucas.

Essa história contada por Jesus faz parte de uma série de ensinos que Ele proferiu sobre o final dos tempos. Todo o capítulo 24 de Mateus é dedicado a este assunto que sempre despertou a curiosidade e até o receio das pessoas. Em épocas especiais, como a virada do século ou diante de catástrofes naturais, o tema: “fim do mundo” sempre vem à tona.

A Bíblia fala muito sobre esse tempo do fim. Ele realmente acontecerá! Jesus ensinou seus discípulos sobre os sinais que antecederiam esse tempo, não para amedrontá-los, mas para que eles estivessem preparados para esse dia.  A parábola que vamos estudar hoje traz esclarecimentos sobre o que acontecerá quando Jesus voltar a essa Terra. “Ler o texto de Mateus 25:1-13”

No tempo de Jesus e na cultura judaica, o ritual de um casamento era muito diferente do que nós conhecemos hoje. Normalmente havia três estágios no processo matrimonial: primeiro vinha o compromisso, quando era feito um contrato formal entre os pais do noivo e da noiva; depois vinha o noivado, uma cerimônia feita na casa dos pais da noiva, quando eram feitas promessas na frente de testemunhas. O noivado era algo tão sério que, se o noivo viesse a falecer durante o período de noivado, a noiva era considerada viúva. Não se podia cancelar um noivado. Depois de cerca de um ano, vinha a cerimônia de casamento, quando o noivo ia buscar a noiva na casa do pai dela e a levava para estar com ele, agora sim, como sua esposa.

Jesus usa várias vezes a metáfora de um casamento para representar o Seu Reino.

1) O noivo da parábola representa Jesus

A Bíblia diz que Jesus um dia voltará, não mais como um bebê ou como um servo sofredor, mas como um Rei poderoso. Ele virá estabelecer o Seu Reino definitivamente aqui na Terra. Jesus prometeu que voltará! Há dezenas de textos na Bíblia sobre essa promessa. Ele não mente! Então, realmente um dia Ele virá pra buscar a sua noiva que é a igreja.

A questão é que não sabemos quando isso acontecerá. Ele mesmo afirmou: “vocês não sabem o dia nem a hora”, ou seja, Ele pode voltar hoje ainda.

Leia as palavras de Jesus em Mateus 24:36-44.

A preocupação dEle é : ESTEJAM SEMPRE PREPARADOS!

2) As virgens representam as pessoas que aguardam a volta de Jesus

Jesus divide as pessoas em dois grupos muito distintos: os que estão preparados e os que não estão preparados. O símbolo que Ele usa é o do azeite na lâmpada. Azeite na Bíblia representa unção de Deus.

Cada um de nós está vivendo o tempo da oportunidade de Deus: oportunidade para buscá-lo e para se “encher da sua unção”. Um dia essa oportunidade terminará quando, usando a metáfora da parábola, “a porta se fechará” para entrarmos na festa de casamento, ou seja, no Reino de Deus.

As virgens que não se prepararam não o fizeram porque desconsideraram a possibilidade de o noivo chegar àquela hora, naquela noite. Perceba que elas não tiveram tempo de corrigir o seu erro, também para nós, chegará um momento em que não haverá mais tempo para nenhuma mudança de atitude.

Como disse o autor aos Hebreus 3 vezes: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçam o coração. Se Jesus voltasse agora, a qual grupo você pertenceria? Se você fazia parte do grupo dos loucos, isso precisa mudar HOJE.

3) A graça salvadora é pessoal e intransferível

A graça de Deus está disponível igualmente a todas as pessoas. Mas, ninguém poderá ajudar o outro a salvar-se no dia da volta de Jesus ou depois que a pessoa morrer. Esta verdade aparece quando as imprudentes pedem ajuda às sensatas, mas estas não podem ajudá-las.

Por vezes, pessoas se recusam a comprometer-se com Jesus e com o Seu Reino preocupadas com o que os outros vão pensar ou dizer acerca delas. Perdem a oportunidade de estarem preparadas porque não querem assumir uma postura séria diante de Deus. Pois no dia da volta de Jesus, não adiantará pedir ajuda aos que decidiram andar com Deus. A salvação depende da atitude de cada um para com Jesus.

4) Você vai se encontrar com Jesus em menos tempo do que imagina

Ninguém sabe quando Jesus vai voltar, mas mesmo que demore mais 100 anos pra que isso aconteça, o nosso encontro com Ele não demorará tanto assim. Se Jesus não vier até você, você irá até Ele. O seu tempo de oportunidade também se encerra no dia da sua morte.

Se deixarmos essa vida preparados, estaremos seguros por toda a eternidade. Mas, se não, o noivo vai nos encontrar com as lâmpadas vazias. Não há nada que alguém possa fazer por nós depois da nossa morte. Estabelecemos o nosso futuro aqui e agora!

5) Deus tem azeite para lhe dar hoje

Hoje você pode receber a unção de Deus sobre a sua vida e determinar toda a sua eternidade. Quando entregamos a nossa vida a Jesus, recebemos o selo do Espírito que testifica que somos dEle. Isso provém de uma atitude séria e definitiva de deixar que Jesus verdadeiramente governe a sua vida.

Infelizmente, há muitas pessoas que se surpreenderão no dia da volta de Jesus ( veja Mateus 7:21-23 ). Não basta apenas chamá-lo de Senhor, mas é preciso fazer o que Ele manda. Isso é muito sério! Analise a sua vida: Jesus é verdadeiramente seu Senhor?? Se não, hoje Deus está lhe dando uma tremenda oportunidade ( e ninguém sabe se será a última ) de você encher a sua lâmpada de azeite e se preparar para a volta de Jesus. Não saia da Igreja hoje sem essa certeza!

Tenha um momento muito especial de oração com os irmãos. Você sabe que há muitos despreparados em nosso meio, inclusive, há aqueles que se encaixam no perfil de Mateus 7:21. Ministre com autoridade sobre o senhorio de Cristo. Que todos saiam da sua Igreja com as lâmpadas cheias de azeite!

MARANATA HORA VEM SENHOR JESUS!

 

Deixe um comentário

wpDiscuz