Quando a oração é urgente

Sempre oramos. Ou pelo menos, buscamos a Deus em momentos críticos. Devemos confessar que a oração é geralmente uma imposição de certas circunstâncias. Oramos por nós e pelos nossos quando nos vemos acuados, e pressionados.

Em muitas nações do mundo, a Igreja do Senhor tem sido atacada agressiva e declaradamente; em outros países, como no Brasil, ela tem sido atingida de forma mais dissimulada e sutil, por meio de falsos ensinos disseminados ostensivamente, pela incoerência de muitos ‘pastores’, pela estruturação totalmente comercial de muitas ‘denominações’. Estes são dias de fé manipulada, de fé mercadejada. Portanto, dias de urgências.

Quando há urgências a única saída é recorrermos à orientação das Escrituras, do próprio Senhor Jesus. A Igreja do Nazareno historicamente defende a importância da oração comunitária para vencermos os desafios impostos pela época.

O Senhor nos ensinou a orar atentos à santidade do Nome de Deus e a glória de seu Reino. Ele nos ensinou a orar de forma abrangente e espontânea. Ele mesmo venceu cabalmente todos os desafios e exigências de seu ministério, orando sem cessar, em completo recolhimento e em alta madrugada.

Porém, no momento mais angustiante, mais desolador, em que a sua alma “estava profundamente triste até a morte”. Ele clamou por ajuda. Recorreu a três de seus mais íntimos discípulos que o acompanhavam, e lhes disse expressamente: “ficai aqui e vigiai comigo.”

Como sabemos, seus servos não foram os melhores companheiros de oração. Não perceberam a urgência daquela hora. Foram vencidos pelo cansaço e pela desatenção. Há momentos em que a oração é urgente, momentos nos quais precisamos uns dos outros, em que as nossas famílias precisam orar com outras famílias, e as nossas igrejas com outras igrejas.

Estes são dias, portanto, de oração. Devemos nos alistar como os que recebem a conclamação de caráter nacional expressa em nosso boletim para que sejamos discípulos atentos que reagem às urgências com oração e jejum. A convocação é para todos!

::Pastor Aguiar Valvassora

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
Precisando de algo? Converse agora!